Sombras no Planalto

Sombras no Planalto

Ana Melo

A imagem – que poderia ser o símbolo do movimento iniciado em junho contra os 20 centavos a mais nas passagens de ônibus e que acabou arrastando às ruas milhares de brasileiros desejosos de mudanças nas políticas públicas – lembra o Mito da Caverna, de Platão.
Acorrentados os homens desde a infância e não podendo se voltar para a entrada, enxergavam somente o fundo da caverna, no qual viam projetadas as sombras das coisas que passavam às suas costas, sendo iluminadas pela luz externa.

Como desconheciam a realidade, os prisioneiros imaginavam que as sombras eram as próprias coisas. Não sabiam que eram sombras, nem que do lado de fora havia coisas e seres humanos reais. Também não supunham que a fresta de luz que os mantinha na semi-obscuridade era somente uma parte de toda a luminosidade fora de seu mundo ilusório.

Que faria um prisioneiro libertado? Com o corpo ainda dolorido, começaria a caminhar lentamente em direção à entrada. Ficaria completamente cego inicialmente, ofuscado pela claridade. Depois enxergaria as próprias coisas e constataria que toda sua vida tinha visto apenas as sombras. Veria a realidade e conheceria o mundo. Então voltaria e contaria aos outros. E, apesar da zombaria e do descrédito da maioria, alguns o ouviriam e teriam coragem de sair em direção à realidade.  Assim, a luz da verdade os libertaria do mundo das ilusões.

Prisioneira de tradições, velhos hábitos e valores culturais que desde sempre a formatou, a sociedade brasileira é chamada a deixar a caverna. Mas para isso é preciso reconhecer as ilusões. É necessário enxergar mais do que sombras. Despojar-se dos pré-conceitos e pré-juízos. Descartar as opiniões inconsistentes e caminhar em direção ao conhecimento da realidade. Que este tenha sido o começo.

(agradecimentos a Jozelia Regina Segabinazzi, pela inspiração!!)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s