Mudar as coisas de lugar ou mudar o lugar das coisas?

Tem tanta coisa errada que não cabe em um cartaz

Allan Kern

Em texto escrito recentemente sobre os tsunamis de protestos na Turquia e no Brasil, o filósofo esloveno Slavoj Žižek destaca a diferença entre dois tipos de períodos de mudança social. Os períodos reformistas seriam aqueles em que o sonho de uma mudança global pode instigar alterações locais. Já em períodos revolucionários, as mudanças de ordem particular só são possíveis mediante uma transformação universal.

Essa distinção entre movimentos reformistas e revolucionários dá relevo a uma ambiguidade que se instala em torno da palavra “mudança”, repetida à exaustão pelas multidões de brasileiros que têm ido às ruas exigir o conserto do que está errado, ou seja, uma porção de coisas. É válido questionar: busca-se mudança no sentido reformista de alteração local, ou no sentido revolucionário de transformação universal?

A variedade de reivindicações Brasil afora indica que este não é um período revolucionário, mas reformista. A confusão não é à toa: são tantos problemas sociais e políticos que é difícil não se ter a impressão de que está mesmo “tudo errado”, e isso exige transformação. Mas, na impossibilidade de uma mudança universal imediata, é preciso definir a mudança local mais urgente. Você se pergunta: por onde começar? É aí que o caráter ambíguo da “mudança” produz seu efeito mais funesto: todos se fazem a mesma pergunta apenas para obter respostas diferentes.

Se as alterações locais não podem se realizar todas ao mesmo tempo, qual grupo ou classe abdicará de sua necessidade de mudança local pela de outro grupo ou classe? No imperativo de mudar as coisas de lugar, o sonho de mudar o lugar das coisas se dispersa no horizonte.

Imagem: vemprarua.net

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s